Vídeos

Loading...

sexta-feira, 26 de junho de 2015

Ordenação Episcopal


quinta-feira, 11 de junho de 2015

Junho mês do dízimo


Calendário 2016 – Especial: Dízimo No Ano Santo Da Misericórdia

O mundo ainda não conhece o poder do amor transformador de Deus. E jamais o conhecerá se nós, cristãos católicos, não assumirmos a vida cristã de modo verdadeiro. Amando-nos uns aos outros, banindo toda sorte de preconceito e intolerância. Sendo, para todos os que procuram o Senhor, um meio de encontro com Ele.

Papa Francisco tem nos exortado a irmos à periferia existencial, e para que isso possa ser refletido mais amplamente, conclama um Ano jubilar extraordinário, o Ano Santo da Misericórdia. Para que cada diocese ou paróquia possa melhor viver este ano, propomos o projeto Dízimo no Ano Santo da Misericórdia, onde as quatorze obras, corporais e espirituais, foram transformadas em doze grandes mensagens, uma para cada mês do ano.

O objetivo, além de promover a espiritualidade da misericórdia proposta pelo Santo Papa, é conscientizar os fiéis sobre a prática da devolução do dízimo, pois, com ela, as obras de misericórdia são desenvolvidas pelas pastorais e movimentos.




terça-feira, 19 de maio de 2015

Resgatando A Alegria De Servir


DESCRIÇÃO DO PRODUTO

Este é um subsídio de espiritualidade cristã, motivacional, voltado aos agentes de pastorais e movimentos, colaboradores e profissionais do ambiente diocesano e ou paroquial para que alcancem, conquistem e perseverem na verdadeira alegria de servir.
São oito passos cujas bases refletem ensinamentos bíblicos, testemunho dos santos e santas da Igreja e as orientações do Papa Francisco (Gaudiun Evangelli), que parece-nos incansável em nos animar à missão.

1 – Cultivar a Alegria 
2 – Ser Manso e Humilde
3 – Servir com Gratidão
4 – Ser terno em tudo
5 – O poder do Encontro
6 – Promover a unidade e a misericórdia
7 – Dialogar com Deus
8 – Deus cuida de você

A cada passo, aspectos do cotidiano paroquial são abordados, tais como: a falta de entusiasmo, a mesmice, a fofoca, a falta de unidade, o endurecimento às mudanças, falta de harmonia com o pastor, o ativismo, a falta de oração, a necessidade por uma formação permanente etc. Além de refletir uma espiritualidade solidária e participativa, e a alegria pelo privilégio de podermos servir a Deus através de nossas comunidades.
É só distribuir o livro? Sugerimos que não. O projeto compreende 2 momentos: a) um jantar com o Pároco b) Celebração do envio. No primeiro momento sugerimos que o pároco se confraternize e valorize o trabalho dos leigos e leigas. NO mesmo dia ou no dia seguinte, uma celebração de envio exclusiva para os agentes de pastorais e movimentos, além de voluntários e profissionais paroquiais. Na celebração entrega-se o livro de presente a ser trabalhado nos grupos.
Caros amigos, não subestimem a capacidade de realização deste projeto por sua simplicidade. A ternura, o reconhecimento, o elogio sincero somados ao alinhamento da visão espiritual e administrativa do pároco com suas lideranças é essencial para o sucesso da missão evangelizadora de toda diocese e paróquia.

Faça esta experiência!
Tenho certeza de que será um reavivamento na fé e no compromisso cristão para todos.